domingo , 21 janeiro 2018
Home / Cases de Sustentabilidade / Estudo demonstra que energias renováveis são mais baratas que gás e carvão

Estudo demonstra que energias renováveis são mais baratas que gás e carvão

Ninguém dúvida que as energias renováveis estão cada vez mais competitivas. Mas será que elas já são mais baratas que as fontes concorrentes de origem fóssil, como carvão e gás? Para o instituto de pesquisa britânico Carbon Tracker, sim.

Em estudo lançado nesta semana, a entidade sugere que a análise dos custos de energia de combustíveis fósseis são baseadas em pressupostos ultrapassados e que seu custo é mais alto do que as energias renováveis.

“Os decisores políticos e os investidores realmente precisam questionar as suposições datada sobre custos de tecnologia que não foram atualizadas para o processo de descarboniozação deflagrado pelo Acordo de Paris. Planejar novas usinas de carvão e gás usando as taxas de ocupação e vida útil do cenário business-as-usual é receita para ativos ociosos no futuro”, alertou o chefe de pesquisa da Carbon Tracker, James Leaton.

O relatório compara os custos de geração de energia de quatro usinas recém construídas: carvão, gás, eólica e de energia solar. O documento aplica uma análise de sensibilidade a um custo nivelado de eletricidade (LCOE, na sigla em inglês) em três cenários: um cenário de referência de 2016, um cenário atualizado de 2016 e um cenário para 2020 com base no caminho para mantermos a temperatura abaixo dos 2˚C, onde as decisões de investimento tenham em conta as tendências de descarbonização.

Essa comparação prevê taxas de ocupação reduzidas e vidas úteis mais curtas para as usinas de carvão e gás em um mundo que é descarbonizado de forma constante, o que prejudica significativamente a economia das usinas.

Atualmente, poucas modelagens levam em conta esse tipo de dinâmica para o cálculo futuro, segundo a entidade. Enquanto isso, a combinação do menor custo de capital com as tecnologias mais baratas para a energia solar e eólica melhora a posição competitiva relativa das energias renováveis.

“Esta análise explica porque as energias renováveis já são a opção mais barata em diversos mercados. Essa tendência é susceptível de se espalhar à medida que o crescimento das energias renováveis afeta a economia de combustíveis fósseis”, disse Paul Dowling coautor do relatório.

O estudo também indica que o rumo da economia forjado pela aplicação das Contribuições Determinadas a nível Nacional (NDCs) — conjunto de metas e políticas nacionais a serem adotadas por todos os países como parte dos esforços globais de combate à mudança do clima — pós-2020 vai levar as energias renováveis, em média, a um custo ainda mais competitivo, mesmo se os preços dos combustíveis fósseis caírem e os preços do carbono permanecerem modestos em torno de US$ 10 / tCO2 ou abaixo disso.

O gráfico abaixo mostra a transição dos custos globais médios relativos a partir de de números de referência de 2016 até indicadores operacionais atualizados para um mundo de baixo carbono pós-2020.

Carbon Tracker

Gráfico mostra a transição dos custos globais médios relativos a partir de de números de referência de 2016 até indicadores operacionais atualizados para um mundo de baixo carbono pós-2020.

Fonte: Exame.com, 20/09/2016 – Por Vanessa Barbosa

Além disso, verifique

thumb_Reparação-

Pesquisadores da USP isolam bactéria presente em águas turvas e poluídas capaz de produzir plástico a partir do metano

Das águas turvas e poluídas do Sistema Estuarino de Santos pode emergir uma solução para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *