domingo , 8 dezembro 2019
Home / Notícias / “Canteiros Coletivos” aposta no engajamento da população para mudar a cidade

“Canteiros Coletivos” aposta no engajamento da população para mudar a cidade

Independe da cidade onde você mora, não deve ser difícil encontrar um canteiro abandonado, onde o mato cresce sem controle e as montanhas de entulho tomam conta do espaço público.

Para ver esse ambiente recuperado, não basta esperar a boa vontade da prefeitura ou de organizações privadas. É preciso chamar os amigos, vizinhos, familiares e fazer a transformação com as próprias mãos. É assim que pensam os organizadores do Projeto Canteiros Coletivos, que reúne moradores de diferentes bairros de Salvador para transformar, canteiro a canteiro, o cenário da capital baiana.

Criado em fevereiro de 2012, o grupo já revitalizou quatro regiões da capital e promoveu oficinas gratuitas de plantio, pintura, alimentação saudável e até de manutenção de bicicletas. Organizadas coletivamente, as ações contam com o apoio dos integrantes do grupo e também de moradores das comunidades beneficiadas, que são incentivados a continuar com a manutenção dos jardins.

Nos encontramos com Débora Didonê, jornalista e criadora do projeto Canteiros Coletivos. Ela nos contou sobre os objetivos e as transformações que a iniciativa já proporcionou aos participantes, além de como ações da organização civil podem transformar não apenas os jardins, mas também a mentalidade dos moradores de uma cidade.

Fonte: EcoD

Além disso, verifique

thumb_car

Justiça decide como proteger a fauna em rodovia impondo obrigações ao DNIT

A Unidade de Conservação Federal Estação Ecológica o Taim, situada no Sul do Rio Grande …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *