sexta-feira , 8 dezembro 2023
Home / Notícias / Agrotóxicos: Promotoria do Consumidor celebra TAC com entidades e órgãos

Agrotóxicos: Promotoria do Consumidor celebra TAC com entidades e órgãos

 

A Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor da Capital celebrou Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta com diversas entidades e órgãos que integram a cadeia de produtos hortigranjeiros em relação ao controle de agrotóxicos.

 

O Termo foi assinado com a Ceasa/RS (Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul S.A); a FEPPS (Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde); a Secretaria Municipal da Saúde; o Crea/RS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Rio Grande do Sul) e o Centro Estadual de Vigilância em Saúde, vinculado à Secretaria Estadual da Saúde.

 

O objetivo é monitorar a qualidade dos hortigranjeiros in natura comercializados no Rio Grande do Sul, no que se refere à presença de resíduos de agrotóxicos de uso não autorizado, produtos proibidos no Brasil e/ou acima dos limites máximos estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

A medida visa a prevenção e repressão das abusividades ao mercado de consumo. Ficou acordado que a Ceasa/RS, na qual transitam milhares de pessoas diariamente, se compromete a manter cadastro interno daqueles permissionários e autorizatários que utilizam as suas dependências para comercialização e/ou distribuição de produtos hortigranjeiros, bem como a notificar os produtores quando forem constatados irregularidades nas amostras de produtos comercializados.

 

Ainda no âmbito das atribuições da Ceasa/RS, quando da constatação de resíduos de agrotóxicos em desacordo com as normas legais por parte de seus autorizatários ou permissionários, estão previstas sanções que vão desde advertência escrita e exigência de realização de curso de boas práticas à suspensão temporária da venda de hortigranjeiros, dependendo da gravidade da conduta.

 

Já o Lacen/FEPPS se responsabilizou pela realização de 20 análises mensais de produtos, com remessa imediata a Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor dos relatórios respectivos para eventuais providências.

 

O Crea/RS, por sua vez, se comprometeu a fiscalizar as casas comerciais de produtos agrotóxicos (agropecuárias), verificando a existência da receita agronômica de profissional habilitado na recomendação dos agrotóxicos que estão sendo comercializados aos produtores, bem como buscar a participação de profissional habilitado como responsável técnico pela assistência na produção, informando à Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor eventuais irregularidades.

 

A Secretaria Municipal de Saúde, bem como a Secretaria Estadual, se comprometeram a coletar amostras de produtos hortigranjeiros junto à Ceasa/RS e estabelecimentos comerciais, encaminhando-os ao Lacen para análise, informando à Promotoria do Consumidor acerca dos resultados dos laudos técnicos.

 

Além deste Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta, a Promotoria já possui dezenas de outros firmados com produtores e distribuidores de hortigranjeiros, bem como tramitam inquéritos civis que visam investigar as 12 maiores redes de Supermercados do Estado, para que disponibilizem informação nas gôndolas e providenciem a separação dos produtos hortigranjeiros nos depósitos. Estas medidas são indispensáveis para permitir a rastreabilidade do produto e a verificação de como está sendo realizada aplicação dos agrotóxicos na origem, pelos cerca de 400 mil produtores existentes no RS e em outros Estados do Brasil.

 

As medidas acordadas no Termo de Ajustamento de Conduta firmado pela Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor e demais entidades que integram a cadeia de produtos hortigranjeiros têm aplicabilidade a partir do dia 30 de novembro de 2012.

 

Fonte: Ministério Público do Rio Grande do Sul

 

Além disso, verifique

vComissão da Câmara pode votar parecer sobre regulamentação do hidrogênio verde

Comissão da Câmara pode votar parecer sobre regulamentação do hidrogênio verde

Por André Martins para EXAME. Considerado o combustível do futuro, o hidrogênio é utilizado para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *