sábado , 24 fevereiro 2018
Home / Notícias / São Paulo quer aumentar coleta seletiva para 10%

São Paulo quer aumentar coleta seletiva para 10%

 

O novo prefeito da capital paulista, Fernando Haddad, afirmou na última quinta-feira (10) que pretende aumentar a quantidade de lixo reciclado em São Paulo para 10%.

Atualmente, cerca de apenas 1,2% dos resíduos produzidos na cidade são enviados às centrais municipais de triagem, que encaminham o lixo para reciclagem. Na Vila Mariana, considerada o bairro paulistano que mais recicla, a porcentagem de resíduos que são destinados às centrais não chega a 5%.

De acordo com o prefeito, o grande problema está na falta de verba para o setor. Segundo ele, há oito anos a administração de São Paulo adiou o investimento em coleta seletiva. Haddad prometeu tratar do assunto em breve com as duas concessionárias que atuam nessa atividade em São Paulo, a Ecourbis e a Logística Ambiental (Loga). (Fonte: Planeta Sustentável)

 

 

Obs. No Brasil, apenas 8% dos município fazem a coleta seletiva de lixo doméstico. Em Porto Alegre, o total recolhido é de 25% e a coleta seletiva existe há 22 anos.

Além disso, verifique

direito-ambiental-thumb-42

Justiça anula processo administrativo e condena órgão ambiental em dano moral

A 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul julgou improcedente ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *