quarta-feira , 26 julho 2017
Home / Notícias / Oslo vai proibir diesel durante picos de poluição

Oslo vai proibir diesel durante picos de poluição

O município de Oslo adotará um regulamento de emergência para proibir a circulação de veículos a diesel durante a ocorrência de picos de poluição no inverno – anunciou nesta quarta-feira a pasta responsável por questões ambientais e de transportes.

“É inaceitável que existam pais que prefiram deixar seus filhos em casa por causa de problemas respiratórios do que levá-los à escola”, escreveu no Twitter Lan Marie Berg. “Não é assim que queremos viver na nossa cidade”, afirmou.

Na quinta-feira, uma lei municipal será apresentada ao Conselho Municipal – dirigido desde o ano passado por uma coalizão da esquerda e ambientalistas.

O texto, cuja adoção é quase certa, deve proibir o tráfego em estradas municipais com carros a diesel – com algumas exceções, como veículos de entrega ou a mais recente geração de motores diesel (Euro 6) – quando a concentração de dióxido de nitrogênio (NO2) estiver elevada.

De acordo com relatos da mídia, o município também quer fechar cerca de 1.200 lugares de estacionamento municipal durante os picos de poluição.

A nova equipe municipal já havia anunciado no ano passado que queria proibir carros do centro da cidade até 2019. Para Lan Marie Berg, esta medida deve ser igualmente aplicável aos carros elétricos, mas o projeto final ainda não foi iniciado.

Carros “zero emissão” agora são responsáveis por quase 20% das matrículas de veículos novos na Noruega.

Na quarta-feira, o Partido Trabalhista (oposição), principal formação política do país, também pediu uma reforma tributária para que quase todos os novos veículos vendidos em 2030 sejam “zero emissão”.

Fonte: AFP

Além disso, verifique

thumb-dmlu

Resíduos Sólidos – Lei 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos – comentada artigo por artigo

A Advogada Telma Bartholomeu Silva acaba de lançar, pela Editora Nova Onda,  a obra “Resíduos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *