segunda-feira , 16 outubro 2017
Home / Notícias / Frente parlamentar e ONGs lançam agenda ambiental para municípios

Frente parlamentar e ONGs lançam agenda ambiental para municípios

 

 

Frente Parlamentar Ambientalista, a Fundação SOS Mata Atlântica e a Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma) lançaram a Plataforma Ambiental aos Municípios 2012. Com ela, o eleitor terá informações para questionar os candidatos a prefeito e a vereador e decidir quem poderá trabalhar melhor pelas cidades brasileiras.

As propostas da plataforma ambiental abrangem cinco eixos: desenvolvimento sustentável, clima, educação, saúde e saneamento básico. As entidades recomendam aos eleitores que entreguem o documento a seus candidatos e peçam o comprometimento público deles com essas propostas.

Entre as sugestões da plataforma ambiental estão a implantação da Política Municipal de Meio Ambiente e do Sistema Municipal de Informações sobre Meio Ambiente; a elaboração do Plano Diretor, respeitando os zoneamentos ambientais; e do Plano Municipal da Mata Atlântica, que tem a meta de criar novas unidades de conservação, formar corredores ecológicos e identificar asáreas de preservação permanente e outras de interesse ambiental.

Qualidade de vida
A coordenadora de projetos da Fundação SOS Mata Atlântica, Malu Ribeiro, enfatiza a importância do tema meio ambiente nas eleições municipais. "A questão ambiental é uma questão do dia a dia. Ninguém quer um rio poluído na porta de suas casas. Ninguém quer comer veneno na comida. As pessoas querem respirar ar puro, querem qualidade de vida. Só que não sabem como exigir qualidade de vida."

Malu Ribeiro disse ainda que, além de propor os temas a serem discutidos com os candidatos, a plataforma ambiental possibilitará o acompanhamento da atuação dos vereadores e prefeitos para saber se eles cumprem os compromissos assumidos com a população.

"A sociedade critica a qualidade dos políticos, mas esquece que somos nós que delegamos os mandatos a todos os políticos e, depois, não acompanhamos o que esses políticos estão fazendo."

Consulte a íntegra da Plataforma Ambiental aos Municípios 2012.

Reportagem – Vania Alves/Rádio Câmara 
Edição – Pierre Triboli

 

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara de Notícias'
 

 

 
 

Além disso, verifique

direito-ambiental-thumb-45

Edificação e benfeitoria ilegal em área de unidade de conservação não gera direito à indenização pelo Poder Público

“A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) manteve sentença da 21ª ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *